Santa Casa acusa Margarida Moura de atitudes criminosas

Santa Casa acusa Margarida Moura de atitudes criminosas

 

Luís Pedro Silva   Regional   13 de Mar de 2019, 09:07

A Santa Casa da Misericórdia de Ponta Delgada acusou a antiga coordenadora da Rede Regional de Cuidados Continuados Integrados dos Açores (RRCIA), Margarida Moura, da autoria de diversos crimes.

A informação consta de um comunicado da instituição que foi entregue pelo provedor da Santa Casa de Ponta Delgada, José Francisco Silva, aos jornalistas que estiveram presentes na delegação da Assembleia Legislativa dos Açores, em Ponta Delgada, para acompanhar a sua audição na comissão de inquérito à rede regional de Cuidados Continuados.

O comunicado refere que a médica Margarida Moura apresentou sempre uma “atitude persecutória” e acusa-a de criar um relatório, com informação falsa, que serviu de base para uma reportagem na TVI.


Ler mais na edição desta quarta-feira, 13 março 2019, jornal de Açoriano Oriental



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.