Executivo lança novo programa de prevenção de consumos com ações no contexto dos Festivais de Verão

Executivo lança novo programa de prevenção de consumos com ações no contexto dos Festivais de Verão

 

AO Online/Gacs   Regional   21 de Jun de 2018, 16:06

O Secretário Regional da Saúde apresentou hoje, o programa de prevenção de consumos e comportamentos de risco “Projeto Giros” que inclui atividades nos principais festivais de verão.


“Escolhemos os festivais de verão porque é onde há maior concentração de jovens e uma maior apetência para o consumo de álcool e também de outras substâncias. Pensamos que é fundamental agir aí para prevenir, mas também para ajudar a minimizar os danos e reduzir eventuais riscos. “considero

Rui Luís, que falava, em Angra do Heroísmo, na apresentação do projeto, referiu que se tem assistido, nas ultimas décadas, a uma alteração na dinâmica das atividades noturnas, nomeadamente no que diz respeito ao consumo de substâncias.

 O “Projeto Giros”, é um programa que pretende desenvolver ações de sensibilização e educação de prevenção de consumos e comportamentos de risco, junto da comunidade, no âmbito do projeto de prevenção em comportamentos aditivos e dependências para o ano de 2018.

 É dirigido à população em geral, em diferentes contextos, que para além do escolar, comunitário, laboral e prisional, prevê ações em contexto recreativo.

O titular da pasta da saúde adiantou que “o projeto estará presente com uma unidade móvel nos grandes festivais de verão nos Açores para dar um apoio presencial a toda a ação dos jovens nesses festivais”.

Esta unidade móvel, acompanhada de uma equipa multidisciplinar, desenvolverá atividades inseridas no programa das Sanjoaninas. Seguem-se, a título de exemplo, a Semana Cultural das Velas, as Festas da Madalena, o Festival Monteverde, o Festival Ilha Branca, a Maré de Agosto e as Festas do Varadouro.

As atividades previstas contemplam contactos de proximidade e aconselhamento, disponibilização de apoio técnico, disponibilização de material informativo como, alcoolímetros e preservativos, e, a aplicação de questionários sobre consumos.

O “Projeto Giros”, resulta de um acordo de financiamento, estabelecido entre a Secretaria Regional da Saúde, através da Direção Regional da Prevenção e Combate às Dependências, com a Casa do Povo de Santa Bárbara, no valor de 48 500 euros.

“É com projetos como este que podemos alterar os indicadores menos positivos, e cito a título de exemplo, os mais recentes dados, de 2016, mencionados no Inquérito da Defesa Nacional. 32% dos jovens com 18 anos admite situações de embriaguez severa recente” salientou Rui Luís.

Na sua globalidade o “Projeto Giros”, prevê realizar nos diferentes contextos um conjunto de 88 intervenções, ao longo de 157 dias, dirigidas a 13400 destinatários, e cujos resultados serão posteriormente avaliados.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.