Arte

Roubada litografia de Edvard Munch em galeria de Oslo


 

Lusa / AO online   Internacional   18 de Nov de 2009, 11:05

 A litografia "Separação II", do pintor impressionista norueguês Edvard Munch, foi roubada em meados de Junho de una galeria de Oslo, informou esta quarta-feira a televisão pública norueguesa NRK.
A polícia confirmou à NRK que o roubo, perpetrado entre 12 e 25 de Junho, só foi descoberto quando a galeria mudou de local e transferiu a sua colecção para a nova sede.

O roubo foi mantido em segredo por desejo expresso do dono da galeria, mas a NRK descobriu-o ao encontrar o nome do quadro numa lista de obras de arte roubadas da Interpol.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.