Revista de imprensa nacional


 

Lusa/AO   Nacional   6 de Nov de 2008, 05:24

A vitória de Barack Obama nas eleições norte-americanas é hoje noticiada em destaque na imprensa, que ainda aborda assuntos como a despesa do Estado em edifícios vazios e a pressão dos militares sobre as suas chefias.
"O triunfo do sonho americano" escreve o Público, que dedica quase toda a página a Obama, ilustrando-a com uma fotografia do novo presidente norte-americano.

    O jornal cita também uma declaração do vencedor das eleições: "Os desafios que nos esperam são os maiores da nossa geração".

    O mesmo assunto merece também grande destaque no Diário de Notícias, que publica uma fotografia do novo presidente, que "promete mudar a América e o mundo".

    "Mudanças de Obama podem demorar mais do que um mandato" lê-se no Jornal de Notícias, enquanto o Correio da Manhã escreve, em chamada de primeira página: "Vitória imperial".

    O Diário de Notícias realça a situação militar no país, titulando "Militares pressionam chefias a demitir-se".

    Na primeira página deste jornal fica ainda a saber-se que em dois meses desapareceram 1,1 mil milhões de euros do BPN, e que a actriz portuguesa conhecida como Milú faleceu quarta-feira.

    "Oito milhões gastos em edifícios vazios" é o título principal do Jornal de Notícias, acrescentando que o "Estado já pagou meio ano de rendas para serviços da justiça ainda por mudar".

    A vitória do FC Porto frente ao Kiev por 2-1, em jogo disputado quarta-feira para a Liga dos Campeões, consta também da capa do jornal.

    "Vale [e Azevedo] burla BPN em dois milhões" e deu garantias falsas num empréstimo, diz o Correio da Manhã.

    O resultado alcançado pelo FC Porto também merece relevo neste jornal, que ainda se refere ao treinador do Benfica, que exige mais golos a Cardozo.

    O 24horas mostra os "quatro homens" que estão a ser julgados por uma tentativa de extorsão ao banco que o governo nacionalizou, titulando "Como tentaram sacar 5 milhões ao BPN".

    A vitória de Obama está também na primeira página deste diário, que escreve: "Novo presidente americano celebrado em todo o planeta".

    Os lucros da EDP, que passam os mil milhões de euros, estão em manchete no Diário Económico, que ainda apresenta as novidades da última versão da lei do trabalho.

    O Jornal de negócios avança que o Banco Central Europeu vai continuar a cortar nos juros, adiantando que a taxa deve descer hoje para os 3,25 por cento.

    A revista Visão dedica a capa a Barack Obama, afirmando que o "mundo já começou a mudar", enquanto a Sábado apresenta "As casas mais excêntricas de Portugal".

    Apesar do triunfo do FC Porto em Kiev (1-2), quarta-feira, para a Liga dos Campeões, hoje apenas O Jogo dedica a capa à vitoria portista, com o Record a recordar o Sporting-Shakthar (1-0) de terça-feira e A Bola a antecipar o Benfica-Galatasaray de hoje, para a Taça UEFA.

    “Senhores de si” titula O Jogo, sobre foto dos festejos dos jogadores portistas após o golo da vitória, apontado por Lucho Gonzalez.

    “Lucho deu a volta e os dragões estão no 2º lugar do grupo”, refere o jornal, citando uma declaração do técnico Jesualdo Ferreira: “A vitória é dos jogadores”.

    O Record coloca uma foto de João Moutinho na capa, com o símbolo do Superhomem na camisola em vez do habitual patrocinador, para anunciar o “super Leão”, comentando que a equipa de Alvalade “bate recordes na Europa”.

    “Nunca uma equipa portuguesa chegou tão depressa aos +oitavos+” e “Paulo Bento será o segundo mais jovem a cumprir 20 jogos na Champions”, anuncia ainda o matutino.

    A Bola dedica a capa ao técnico do Benfica, o espanhol Quique Flores, referindo que o treinador “quer ainda mais da equipa e agradece aos adeptos”, citando: “ambiente da Luz encanta-me”.

    Sobre o jogo com o Galatasaray, Quique Flores “aposta no factor casa para derrotar os turcos”, assumindo “que o Benfica não está no ponto ideal”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.