PSI-20 recua 0,39% numa europa mista


 

Lusa / AO online   Economia   27 de Out de 2009, 17:42

 O principal índice da bolsa portuguesa, o PSI 20, encerrou esta terça-feira em queda, recuando 0,39 por cento para 8.486,06 pontos, numa Europa mista.
Das 20 acções que compõem o índice de referência, 14 encerraram no 'vermelho' e seis encerraram em alta, numa sessão em que mudaram de mãos 67,8 milhões de títulos, num valor de 146,8 milhões de euros.

A liderar as subidas estiveram a Jerónimo Martins, que avançou 1,90 por cento para 5,98 euros, e PT, que avançou 1,55 por cento para 7,82 euros.

Pela negativa, destaque para a Sonae Indústria, que recuou 3,08 por cento para 2,54 euros, e para o BCP, que perdeu 2,50 por cento para 0,97 euros.

A pressionar o PSI 20 para terreno negativo esteve o sector financeiro, com os títulos das três cotadas do sector a registarem desvalorizações superiores a 2 por cento.

O BCP cedeu 2,50 por cento para 0,97 euros, seguido pelo BES, que desvalorizou 2,21 por cento para 5,08 no dia em que divulga os resultados dos primeiros nove meses do ano, e pelo BPI, que perdeu 1,94 por cento para 2,32 euros.

O 'peso-pesado' PT esteve a travar maiores perdas, registando uma subida de 1,55 por cento para 7,82 euros, um dia depois de ter feito uma emissão de 750 milhões de euros em obrigações.

Ainda nas telecomunicações, a ZON cedeu 1,78 por cento para 4,41 euros e a Sonaecom desvalorizou 1,57 por cento para 1,99 euros.

Na Europa, as bolsas encerraram mistas, com Paris a perder e Frankfurt, Madrid e Londres a registarem valorizações.

O índice Euronext 100 caiu 0,25 por cento para 653,54 pontos, enquanto o índice DJ Stoxx 50 avançou 0,93 por cento para 2.468,12 pontos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.