PSD critica indefinição na obra de reabilitação do Centro de Saúde das Velas

PSD critica indefinição na obra de reabilitação do Centro de Saúde das Velas

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   2 de Ago de 2018, 17:17

O deputado do PSD/Açores eleito pela ilha de São Jorge, António Pedroso, criticou esta quinta-feira o Governo Regional pela "indefinição" na obra de reabilitação do Centro de Saúde das Velas, alegando que têm sido "demasiadas as peripécias em torno de todo aquele processo".

 Em comunicado, o deputado refere que "há muito tempo que o governo do Partido Socialista anuncia as obras de reabilitação do Centro de Saúde das Velas", lembra o social democrata, frisando que "os anos passam, os anúncios sucedem-se e nada é feito. Basta de promessas, concursos anulados e falta de transparência".
 
António Pedroso lamenta as "sucessivas peripécias" que têm envolvido a adjudicação da referida obra, nomeadamente "a recusa do visto por parte do Tribunal de Contas e o envio do processo para o Tribunal de Justiça da União Europeia. Algo aparentemente inédito numa obra pública na Região", sublinha o parlamentar.
 
"São demasiadas as trapalhadas do governo à volta daquela obra. E, das duas uma, ou o governo regional é incompetente a fazer concursos públicos ou erra de propósito para atrasar o processo. Não há mais explicações possíveis", disse.
 
António Pedroso desafia assim o Governo Regional a iniciar a obra "até final do ano", considerando que "já é altura para acabar, de uma vez por todas, com esta indefinição".
 
O comunicado recorda ainda que o edifício do Centro de Saúde das Velas "sofre de vários problemas que estão a prejudicar o seu normal funcionamento, sendo necessário melhorar a acessibilidade exterior, instalar o serviço de esterilização e proceder ao aumento de capacidade e de valências em várias áreas, além do reforço da estrutura", preconiza.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.