Pelo menos 30 mortos em ataque a mesquita no Paquistão


 

Lusa / AO online   Internacional   4 de Dez de 2009, 10:18

Pelo menos 30 pessoas foram esta sexta-feira mortas num ataque suicida contra uma mesquita frequentada por militares em Rawalpindi, nos arredores de Islamabad, declarou o ministro do Interior paquistanês.
«Dois terroristas suicidas» accionaram bombas, que transportavam consigo, no interior da mesquita cujo tecto desabou, explicou à cadeia de televisão ARY o ministro do Interior paquistanês, Rehman Malik.

«De acordo com as primeiras informações que recebi mais de 30 pessoas foram mortas e muitas outras ficaram feridas», acrescentou.

O porta-voz do exército, general Athar Abbas, explicou a agência noticiosa francesa AFP que «terroristas - mais do que um em qualquer caso - entraram na mesquita durante a oração (de sexta-feira) e fizeram explodir bombas».

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.