Electrodomésticos

Lucros da Electrolux crescem 131% até Setembro para 191 ME


 

Lusa / AO online   Economia   26 de Out de 2009, 10:26

O fabricante de electrodomésticos Electrolux anunciou um lucro de 1,94 mil milhões de coroas suecas (191 milhões de euros) até Setembro, mais 131 por cento que em igual período do ano passado.
O aumento dos preços dos produtos, os custos baixos das matérias-primas e a redução das despesas após a introdução de medidas mais eficientes explicam o resultado líquido alcançado pela empresa, adianta a Electrolux em comunicado.

O EBITDA (resultado antes de impostos, juros, amortizações e depreciações) cresceu 127 por cento nos primeiros sete meses deste ano, para 264 milhões de euros, face a igual período do ano anterior.

A facturação atingiu os 7,96 mil milhos de euros até Setembro, o que representou um crescimento de 6 por cento quando comparado com igual período do ano passado.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.