Política

Lídia Bulcão critica falta de atenção a territórios "isolados"


 

Lusa/AO online   Regional   4 de Out de 2011, 18:42

A deputada do PSD/Açores à Assembleia da República Lídia Bulcão acusou os governos central e regional de não dar atenção aos territórios "isolados", como é o caso da ilha das Flores, que visitou esta semana.
Falando aos jornalistas no Aeroporto da Horta, no final de uma visita de dois dias às Flores, Lídia Bulcão lamentou que o poder político não olhe com atenção para os problemas dos territórios insulares, que, na sua opinião, além de isolados estão também acomodados.

"A atenção do Governo Regional e do Governo central para estes territórios isolados tem sido muito pouca ou nenhuma e sente-se que as pessoas já se habituaram a que assim seja e não deviam", referiu a deputada açoriana, acrescentando que as pessoas "deviam reclamar mais atenção e fazer-se ouvir".

Lídia Bulcão entende que as Flores são um exemplo da insularidade e do "isolamento" que as ilhas mais pequenas sentem em relação ao restante arquipélago dos Açores, que se debatem também com problemas de desertificação.

"A verdade é que temos ganho população nas ilhas grandes, mas as ilhas pequenas estão cada vez mais desertificadas e isoladas e não adianta colocar rótulos de ilhas da coesão, se não se fizer, de facto, políticas de proximidade e de desenvolvimento local", sublinhou a deputada social-democrata.

Para a deputada do PSD/Açores ao Parlamento nacional, os problemas que a ilha das Flores atravessa estão relacionados com as comunicações, os transportes e com o desenvolvimento da economia local.

"Não adianta aumentar a produção da agricultura e das pescas, se depois eles não têm capacidade para exportar, porque o barco só vai à ilha de 15 em 15 dias", exemplificou Lídia Bulcão, acrescentando que o mesmo se passa em relação às comunicações: "Não adianta quererem saber mais do que se passa no mundo se não têm fibra óptica para aceder à Internet em condições".

A deputada pretende levantar estes problemas na Assembleia da República.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.