Líder parlamentar socialista preocupado com desemprego, mas confiante na acção do executivo


 

Lusa / AO online   Regional   14 de Nov de 2009, 15:47

O presidente do Grupo Parlamentar do PS/Açores, Hélder Silva, manifestou hoje preocupação com o crescimento do desemprego na região, mas defendeu que o executivo regional tem sabido responder aos desafios colocados pela actual crise económica internacional.

“Nenhum de nós pode ficar indiferente ao crescimento das taxas de desemprego nos Açores. Estamos muito aquém dos valores do resto do país e da União Europeia, mas o mal dos outros não nos deve servir de conforto”, afirmou o líder parlamentar socialista.

Hélder Silva, que discursava na abertura das III Jornadas Parlamentares do PS/Açores, salientou, no entanto, que os socialistas “estão conscientes que a Região tem um Governo atento e actuante que tem procurado e sabido encontrar as respostas mais adequadas à actual conjuntura sócio-económica”.

Segundo Hélder Silva, os Açores “não estão a passar incólumes por esta tempestade, que nem os mais brilhantes economistas previram em toda a sua dimensão, mas a verdade é que (a região) está a conseguir navegar com um rumo certo e definido”.

As jornadas parlamentares, que decorrem até domingo em Vila Franca do Campo, estarão centradas nas propostas de Plano e Orçamento para 2010 que a Assembleia Legislativa vai discutir no final deste mês.

“É com particular satisfação que o Grupo Parlamentar do PS constata que o Governo dos Açores vai dar no próximo ano especial prioridade às políticas que fomentem o emprego”, salientou Hélder Silva.

O líder parlamentar socialista destacou a importância da confiança dos consumidores e das empresas na retoma económica, considerando que esta questão também está em evidência nas propostas de Plano e Orçamento apresentadas pelo executivo.

“Os Açores estão hoje melhor preparados para enfrentar o presente”, afirmou, recordando que investimento público na região deverá atingir 815,7 milhões de euros no próximo ano.

Na sua intervenção, Hélder Silva assegurou que o Grupo Parlamentar do PS “está disponível”, no debate parlamentar, para analisar todas as propostas dos restantes partidos, mas frisou que elas têm que ser “exequíveis no actual momento em que vivemos”.

Hélder Silva assegurou que os socialistas vão para este debate “sem preconceitos e complexos”, fazendo um apelo ao PSD - maior partido da oposição - para que “tenha o bom senso de centrar o debate no parlamento”.

“O PSD tem tido o hábito de anunciar antes de se iniciar o plenário o seu sentido de voto, o que, além de revelar um posicionamento preconceituoso perante os documentos em análise, mostra desrespeito pela Assembleia Legislativa Regional”, afirmou.

As Jornadas Parlamentares do PS/Açores encerram domingo com uma intervenção do líder regional socialista, Carlos César.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.