Açoriano Oriental
Covid-19
Líder do Governo da Madeira diz que estado de emergência já devia estar decretado

O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, considerou que o estado de emergência em Portugal "já devia estar decretado", tendo em conta a possível falta de resposta do Serviço Nacional de Saúde.

Líder do Governo da Madeira diz que estado de emergência já devia estar decretado

Autor: Lusa/AO Online

"Eu acho que, neste momento, o estado de emergência já devia estar decretado, porque a capacidade de resposta do Serviço Nacional de Saúde pode estar em risco nomeadamente nos cuidados intensivos", afirmou, à margem da visita ao atelier de uma artista plástica, no Funchal.

Para Miguel Albuquerque (PSD), "é muito importante tomar medidas, não parando a economia, no sentido de atenuar os riscos".

A este propósito, Albuquerque anunciou que o Governo Regional, de coligação PSD/CDS-PP, vai anunciar novas medidas para "evitar, prevenir e diminuir o risco dos contágios locais" no âmbito da pandemia da covid-19 no arquipélago na próxima quarta-feira.

"Não se vai repetir de certeza aquilo que se passou este fim-de-semana [ajuntamentos de jovens em determinados locais da noite do Funchal], houve pessoas que acham que isto é uma brincadeira, vai ser tudo metido na ordem", disse.

O Governo Regional, acrescentou, vai tomar medidas a favor do setor do turismo porque "o mês de novembro não vai ser fácil" face à proibição a partir de quinta-feira da realização de viagens por parte do Reino Unido e da contenção e confinamento da Alemanha.

 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.