Lançado concurso para apresentação de projetos para porto espacial nos Açores

Lançado concurso para apresentação de projetos para porto espacial nos Açores

 

Lusa/AO online   Regional   24 de Set de 2018, 14:46

O Governo de Portugal e o Governo dos Açores apresentaram um concurso aberto a organizações de "todo o mundo" para a criação de um porto espacial na ilha de Santa Maria que permita o lançamento de microssatélites.


O anúncio foi hoje feito em Ponta Delgada pelo secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia do Governo dos Açores, Gui Menezes, que destacou o objetivo de criar nos Açores "uma infraestrutura para o lançamento de microssatélites”.

A consulta internacional, que decorre até 31 de outubro, pretende "analisar o interesse deste projeto junto de parceiros internacionais, no sentido de ser instalado na ilha de Santa Maria um porto espacial atlântico", concretizou o governante.

Os Açores, vincou Gui Menezes, têm "alguma vantagem competitiva" face a outros territórios para a instalação de um porto espacial.

"Estamos mais a sul, no meio do Atlântico, temos a possibilidade de a direção dos lançamentos serem muito mais abertas, sem obstáculos, e isso não é replicável em outros sítios da Europa", assinalou.

O concurso é lançado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) e tem o apoio técnico da Agência Espacial Europeia (ESA).

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior assinalou também hoje, em comunicado, que a iniciativa vem "estimular uma nova resposta à crescente procura da utilização de pequenos satélites para fins diversificados", incluindo telecomunicações e formas de Internet baseada no espaço, mas também aplicações de observação da Terra, incluindo agricultura e pescas, monitoramento de infraestruturas ou desenvolvimento urbano e segurança.

O potencial desenvolvimento de um porto espacial no Atlântico "visa estimular uma nova geração de atividades espaciais com base em pequenos satélites".

O objetivo passa por "ampliar as instalações existentes na Ilha de Santa Maria de monitoramento e rastreamento de satélites e abrir uma nova geração de serviços de lançadores e atividades espaciais baseadas em pequenos satélites para o benefício da sociedade em geral"

Os novos lançamentos de microssatélites nesta "localização única" no Atlântico devem arrancar a partir de 2021.

Em Ponta Delgada, maior cidade açoriana, reúnem-se esta semana 400 pessoas para o simpósio internacional "25 anos de progresso na Altimetria de Radar", organizado pela Agência Espacial Europeia e pela Agência Espacial Francesa.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.