Açoriano Oriental
Autarquia de Lagoa entrega diplomas de mérito escolar

O auditório do Expolab, na Lagoa, acolheu a cerimónia de entrega dos diplomas de mérito escolar, relativos ao ano letivo de 2019/2020.


Autor: Susete Rodrigues/AO Online

Receberam a distinção 22 alunos, do 1º e 2º ciclo da Escola Básica Integrada de Lagoa, indica nota de imprensa.

Desta forma, Rita da Costa Rodrigues foi distinguida a melhor aluna do 1º ciclo e João Amaral Carreira foi o melhor aluno do 2º ciclo. Na categoria de mérito cívico foi entregue à aluna Rafaela Teles, da Escola Básica Tavares Canário.

A distinção de mérito artístico e desportivo, foi entregue aos alunos Martim Moniz, do 1º ciclo; e Bianca Machado, Maria Luísa Correia e Pedro Macedo, do 2º ciclo.

Na ocasião, a presidente da Câmara Municipal de Lagoa, Cristina Calisto, referiu, citada em nota, que “quando o prémio de distinção deixou de ser meramente académico para incluir o mérito cívico, artístico e desportivo colocou todos os alunos, a partir do primeiro dia de aulas, em igualdade de circunstâncias de obterem o seu devido reconhecimento”.

A autarca disse, ainda, que “os diplomas entregues são, desta feita, uma forma de motivar os estudantes para um percurso académico de sucesso, pois é com jovens como estes que podemos fazer da Lagoa uma grande cidade, conduzida pelos grandes homens e mulheres do amanhã”.

Para o município e enquanto presidente de Câmara de Lagoa, “este é um dos momentos mais importantes da minha participação pública. No nosso concelho privilegiamos a educação, uma prioridade essencial para desenvolver a nossa comunidade. É, assim, que se consegue o progresso e a melhoria da qualidade de vida dos lagoenses, assim como se promove uma alteração substancial daquilo que são os modos de viver da nossa comunidade”, finalizou Cristina Calisto.

Refira-se que o Regulamento Municipal Prémio de Mérito Académico visa estimular e premiar o sucesso escolar. Os prémios distinguem os alunos matriculados, em estabelecimentos de ensino do concelho de Lagoa, do ensino básico, secundário, incluindo o profissional e que tenham concluído com um comportamento escolar irrepreensível e aproveitamento académico excecional.

Para cada ano letivo, em cada uma das três unidades orgânica do concelho, foram atribuídos os Prémios de Mérito Académico, a cada aluno premiado do 4.º, 6.º, 9.º e 12.º ano, com um montante de 50 euros e ao melhor estudante do 4.º, 6.º e 9.º ano, um valor de 500 euros. Ao melhor aluno do 12.º ano, do Ensino Cientifico Humanístico e Profissional, é atribuído um prémio monetário de 1000 euros.




 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.