Hamilton investigado pela FIA por acidente no GP Japão


 

Lusa / AO online   Motores   4 de Out de 2007, 15:32

O piloto britânico da McLaren-Mercedes Lewis Hamilton está a ser investigado pelo seu papel num acidente registado no último Grande Prémio do Japão de Fórmula 1, que venceu na semana passada.
    Neste contexto, a Federação Internacional Automóvel (FIA) está a analisar “novas provas” relativas à actuação de Hamilton atrás do “safety car” na pista alagada do circuito nipónico de Fuji.

    Alegadamente, o piloto britânico terá acelerado e depois abrandado o seu monolugar de forma intempestiva, ocasionando uma colisão atrás de si entre os carros da Red Bull e da Toro Rosso, pilotados por Mark Webber e Sebastian Vettel, respectivamente.

    Hamilton foi hoje interpelado em Xangai pelos comissários técnicos da FIA acerca deste incidente e, caso lhe seja atribuída alguma culpa no acidente do GP Japão, poderá ser penalizado em algumas posições na "grelha" de partida para o GP China, no próximo fim-de-semana.

    O piloto estreante na F1 e actual líder da classificação do Campeonato do Mundo de pilotos, com 107 pontos, tem neste momento 12 de vantagem sobre o companheiro de escuderia e actual campeão em título, Fernando Alonso, de Espanha.

    Lewis Hamilton será o novo campeão de F1 de 2007 se terminar à frente de Alonso ou conseguir manter uma margem de pelo menos 11 pontos sobre o piloto espanhol bicampeão Mundial no GP da China, a penúltima prova do campeonato que termina no Brasil.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.