Paquistão

Explosão durante reunião política fez pelo menos 12 mortos


 

Lusa / AO online   Internacional   5 de Abr de 2010, 11:46

Pelo menos 12 pessoas morreram esta segunda-feira na explosão de uma bomba, durante uma reunião de um partido político laico, no noroeste do Paquistão, perto das zonas onde o exército combate rebeldes talibãs, segundo a polícia.
Estes rebeldes islamitas são responsáveis por uma onda, sem precedentes, de atentados suicidas e de ataques programados, que fizeram mais de 3100 mortos em cerca de dois anos e meio, em todo o país.

"As primeiras informações indicam que se trata de um atentado suicida", afirmou Qazi Jamil, chefe da polícia do distrito de Malakand, contactado por telefone pela Agência France Presse (AFP).

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.