Venezuela

Estação de TV tomada por simpatizantes de Chávez

Estação de TV tomada por simpatizantes de Chávez

 

Lusa / AO online   Internacional   2 de Nov de 2007, 18:45

Um grupo de indivíduos invadiu, em nome do Poder Operário, as instalações da estação de televisão Canal Universitário, da Universidade de Los Andes (600 quilómetros de Caracas), para transformá-la "num canal ao serviço do socialismo".
"Fomos surpreendidos pelo assalto efectuado por um grupo, que não está completamente identificado", informou hoje Fortunato González, da direcção da Universidade, acrescentando que apenas conseguiram identificar alguns trabalhadores que manifestaram a intenção de transformar o canal.
"Nós não pretendíamos "cortar" (suspender) o sinal, mas a usurpação da mesma por um grupo não autorizado pela Conatel (Comissão Nacional de Telecomunicações) implicava que nos arriscaríamos a que a licença fosse suspensa e por isso +cortámos+ o sinal", disse ainda.
"A junta directiva não tem dúvidas, tal como as autoridades universitárias, de que este canal, mais do que um canal comercial, é um canal académico, para apoiar as funções que tem a ULA (Universidade de Los Andes), como instituição de educação superior", sublinhou o mesmo responsável.
Segundo Fortunato González, na manhã de quinta-feira "a programação foi interrompida para difundir uma linha totalmente diferente da do canal", para promover os princípios do "socialismo do século XXI".
A Conatel foi notificada da situação e da suspensão do sinal da estação televisiva, tendo o Ministério Público iniciado uma investigação.
Segundo vários residentes do Estado de Mérida, na quinta-feira a transmissão do Canal Universitário foi substituida por outra em que um operador de câmara, Benjamin Ramírez, aparecia como responsável por um programa especial.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.