Espanha/Eleições: Jornada decorre com normalidade, pequenos incidentes dão ‘cor’ ao voto


 

Lusa / AO online   Internacional   20 de Nov de 2011, 12:07

Os eleitores espanhóis estão a exercer com normalidade o seu direito de voto, com as 59.876 meses de voto abertas e pequenos casos a darem “cor” a uma jornada de eleições legislativas marcada pela chuva intensa.

Responsáveis eleitorais explicam que a totalidade das mesas foram constituídas, com pequenas incidências a atrasar ligeiramente a comunicação formal da abertura em alguns pontos do país.

Do distrito madrileno de Hortaleza surge a notícia para já mais dramática da jornada, com um homem de 96 anos a morrer, vítima de uma paragem cardiorespiratória, pouco depois de votar.

O homem tinha acabado de votar no Centro Cultura Hortaleza quando, depois de sair do edifício, sofreu um desmaio, ficando estendido no chão. As equipas de emergência não o conseguiram reavivar.

Em Léon o caso foi álcool, com um vogal da mesa eleitoral em Villablino a ser substituído depois dar positivo num controlo de alcoolemia, quando foi parado num controlo policial a caminho da mesa de votação.

As noticias positivas, por outro lado, vêm das localidades de Frontera e La Restinga, na ilha de El Hierro (Canárias), onde continuam em curso erupções vulcânicas submarinas e se repetem os sismos que se sentem há várias semanas na região.

As autoridades locais garantem que todos os locais de votação abriram com normalidade.

As urnas encerram às 20:00 (hora local, menos uma hora em Lisboa) em Espanha continental e no arquipélago das Baleares e uma hora mais tarde, devido à diferença horária, no arquipélago das Canárias.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.