Liga Vitalis

Equipa do Chaves revistada pela Judiciária no aeroporto

Equipa do Chaves revistada pela Judiciária no aeroporto

 

Arthur Melo   Futebol   7 de Nov de 2009, 19:54

A comitiva do Chaves foi revistada por cerca de uma dezena de agentes da Polícia Judiciária à chegada a Ponta Delgada.

A confirmação foi prestada pelo presidente do clube ao "AO online", que não escondeu o seu descontentamento pelo facto, aludindo que “o Grupo Desportivo de Chaves foi publicamente humilhado”.

Mário Carneiro contou que todos os elementos da equipa e alguns acompanhantes foram separados por agentes da Polícia Judiciária à saída do avião, em plena placa de estacionamento de aeronaves no Aeroporto João Paulo II, para uma “revista de rotina”, como lhe foi comunicado por um dos elementos da Judiciária.

Todavia, o presidente flaviense estranhou a dita “revista de rotina, já que toda a bagagem, malas de viagem e alguns elementos da equipa foram minuciosamente revistos, além das “botas dos jogadores que chegaram a retirar as palmilhas”.

Por tudo isso, Mário Carneiro diz que vai exigir explicações porque a dignidade do clube foi posta em causa e alguns jogadores sentiram-se intimidados.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.