Sociedade

Crimes contra crianças cada vez mais denunciados

Crimes contra crianças cada vez mais denunciados

 

Lusa/AOonline   Nacional   13 de Nov de 2008, 10:52

A sociedade portuguesa denuncia cada vez mais os crimes contra as crianças, o que denota estar mais desperta para a protecção dos direitos dos menores, disse à Lusa a presidente da Associação de Apoio à Vítima, Joana Marques Vidal.
Em 18 meses, a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) recebeu centenas de queixas de crimes contra mais de 800 crianças e jovens, uma média de 49 por dia.

    Estes números, segundo Joana Marques Vidal - Procuradora-geral adjunta e especialista na área de menores - revelam, do ponto de vista positivo, que a sociedade portuguesa está cada vez mais intolerante para com os crimes contra crianças.

    "Não podemos dizer que há mais casos. A leitura que faço é que há mais sensibilidade para o assunto e que as instituições têm hoje maior capacidade de resposta", disse.

    A criança em perigo é o tema de um encontro a decorrer sábado em Lisboa, onde será abordada a questão do maltrato infantil, formas e prevenção, assim como o acolhimento e o supremo interesse da criança.

    A denúncia dos crimes contra as crianças teve a mesma evolução da violência contra as mulheres, um crime que antes era do foro privado e que hoje é, até do ponto de vista penal, da esfera pública.

    "Há mais sensibilização para proteger as crianças e nesse aspecto digo que estão menos em perigo", disse, adiantando contudo que há que ter atenção para um novo tipo de perigos, decorrentes da globalização comunicacional.

    A luta contra os novos crimes via Internet são um novo desafio para a sociedade portuguesa, obrigando a uma atenção redobrada.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.