Açoriano Oriental
Coral de São José canta Mozart na Sé do Funchal

Coral de São José vai atuar no concerto inaugural do Festival de Música da Madeira que se realiza na Sé do Funchal. Neste concerto, dirigido pelo Maestro Martin André, será apresentado o Requiem de Mozart

Coral de São José canta Mozart na Sé do Funchal

Autor: Ana Carvalho Melo

O Coral de São José vai atuar no concerto inaugural do XXXVII Festival de Música da Madeira, que se realiza em março na Sé do Funchal, onde vão apresentar a obra Requiem de Mozart.

Neste concerto, que contará com a participação da Orquestra Clássica da Madeira dirigida pelo maestro Martin André, atuarão também os solistas Tatiana Vizir, Maria Luísa de Freitas, Alberto Sousa e Ricardo Panela. O concerto está agendado para o dia 2 de março pelas 21h00.

O Festival de Música da Madeira regressa este ano, depois de ter sido interrompido em 2015, com dez concertos e 11 ‘masterclass’ a decorrer durante o mês de março.

Para Rogério Massa, presidente da direção do Coral de São José, nesta atuação na ilha da Madeira, 55 coralistas, dirigidos por Luís Filipe Carreiro, irão apresentar o Requiem de Mozart, KV626.

“Quando surgiu o convite, em novembro do ano passado, achámos que era oportuno partilharmos o nosso trabalho, dado que o nosso coro tem uma vertente muito clássica e erudita”, contou ao Açoriano Oriental, revelando que a digressão contou com um esforço financeiro pessoal dos coralistas e o apoio do Governo dos Açores e da Câmara Municipal de Ponta Delgada.

Já em 2009, o Coral de São José havia atuado com a Orquestra Clássica da Madeira num concerto de Reis no Teatro Micaelense e, no ano seguinte, no Funchal, também num concerto de Reis.

Na apresentação da 37.ª edição do festival, cuja estreia remonta a 1959, o diretor artístico do certame, o violinista Norberto Gomes, revelou que serão realizados dez concertos, 11 ‘masterclass’ dedicadas aos jovens músicos e uma palestra.

Os dez concertos realizar-se-ão todos os fins de semana de março, entre os dias 2 e 23, com uma programação que abrange os concelhos do Funchal, Calheta e Porto Santo.

De acordo com Norberto Gomes, durante este festival haverá vários espetáculos que têm como base a Orquestra Clássica da Madeira, responsável pelo evento, e artistas convidados, que interpretarão obras sinfónicas de compositores como Mozart e Beethoven.

Ao todo, serão mais de cem os artistas envolvidos no Festival de Música da Madeira, um evento que tem por objetivo abranger toda a sociedade, integrar os jovens músicos e divulgar novas obras e novos intérpretes, conforme realçou o diretor artístico.

“Neste festival temos, além de artistas internacionais, artistas portugueses de destaque e músicos madeirenses também já com as suas carreiras firmadas”, destacou ainda.

Coral de são José volta aos concertos em maio

No segundo fim de semana de maio, o Coral de São José deverá voltar às atuações com um concerto de Requiem de João Domingos Bomtempo no Teatro Micaelense.
No entanto, Rogério Massa alerta que condicionalismos financeiros poderão afetar a realização deste concerto, que pretende assinalar os 500 anos do nascimento de Luís de Camões.

Já no primeiro fim de semana de julho, regressa o Festival Música no Colégio, com programa a anunciar. Esta será a 12.ª edição do festival que representa “uma aposta na promoção da cultura, uma oportunidade de formar público nesses segmentos artísticos e potenciar a fruição de programas musicais de qualidade a locais e visitantes”.

Com “matriz erudita”, o evento disponibiliza concertos de música gratuitos “numa praça em plena malha urbana”.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados