Conselho de administração da REN reune "nos próximos dias"


 

Lusa / AO online   Economia   26 de Nov de 2009, 10:14

O conselho de administração da REN, Redes Energéticas Nacionais, vai reunir "nos próximos dias para decidir as medidas a tomar" na sequência da decisão do Tribunal de Aveiro de suspender José Penedos, principal suspeito do processo Face Oculta, do cargo de presidente.
A empresa energética confirmou quarta-feira à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) as decisões do Tribunal de Instrução Criminal de Aveiro em relação a José Penedos.

O documento refere que o Tribunal de Instrução Criminal de Aveiro decretou, "com base em invocadas razões cautelares processuais e no facto de considerar existirem, nesta fase preliminar do processo, indícios de um crime de corrupção passiva" várias medidas de coacção.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.