Casa Mortuária da Ribeira Seca foi inaugurada

Casa Mortuária da Ribeira Seca foi inaugurada

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   25 de Fev de 2019, 15:01

O presidente da Câmara da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio, inaugurou a Casa Mortuária da Ribeira Seca, obra orçada em cerca de 150 mil euros e que foi edificada em parceria com a junta de freguesia da localidade, com a qual foi celebrado contrato interadministrativo.



“Este edifício tem por objetivo servir a população, passando a freguesia da Ribeira Seca a dispor de um espaço específico para cerimónias fúnebres. É uma empreitada que responde a um velho anseio das gentes locais que, até agora, realizava as cerimónias em ermidas que não ofereciam as melhores condições de conforto”, explicou Alexandre Gaudêncio, citado em nota de imprensa.


O presidente da autarquia, que se fez acompanhar pelos vereadores Carlos Anselmo e Cátia Sousa e pelo executivo da junta de freguesia, destacou “todo o empenho que ambos colocaram na resolução deste assunto que se arrastava há sensivelmente vinte anos.”


Alexandre Gaudêncio deixou vincado que a construção da casa mortuária é “mais uma vitória para a Ribeira Seca que sempre reivindicou esta obra e só agora, com este executivo, conseguiu torná-la realidade, fruto das boas relações existentes e da capacidade que a Câmara vem revelando em honrar os compromissos assumidos.”


Para a construção da Casa Mortuária da Ribeira Seca, acrescentou o edil, “também contribuíram as comissões de festas de São Pedro de 2015 e 2016”, evidenciando que “a inauguração deste espaço encerra um ciclo de intervenções deste género, nomeadamente a construção da casa mortuária de Rabo de Peixe e a ampliação da do Pico da Pedra.”


Na ocasião, Alexandre Gaudêncio manifestou a intenção de “iniciar, ainda este ano, a elaboração do projeto para a construção de uma casa mortuária na cidade, próxima do cemitério Nossa Senhora da Estrela, que deverá ser dotada de crematório.”


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.