Açoriano Oriental
Casa do Povo das Capelas recolhe material para emprestar a necessitados
A Casa do Povo das Capelas lançou uma campanha de recolha de material técnico, como camas articuladas, cadeiras de roda e andarilhos, para poder emprestar "a quem pouco tem, mas muito precisa".

Autor: Lusa/AO online

A técnica responsável pela “iniciativa de cariz solidário”, Cristina Moura, revelou  que a primeira campanha de recolha de ajudas técnicas da Casa do Povo das Capelas, denominada ‘Dê, com o coração’, começou em dezembro e prolonga-se até ao final de janeiro.

“Já recebemos doações de material de algumas pessoas, mas quanto mais melhor”, afirmou Cristina Moura, acrescentando que, mesmo depois de terminar a campanha, “quem quiser continuar a doar, ao longo do ano, poderá fazê-lo”.

Além de camas articuladas, cadeiras de roda e andarilhos, a instituição pretende reunir colchões antiescaras, canadianas, almofadas de gel e fraldas, entre outros bens “muito necessários e procurados, por serem inacessíveis” aos mais necessitados.

“O que vamos fazer com o material recebido é responder às necessidades que conhecemos nas Capelas, S. Vicente e Fenais da Luz, emprestando às pessoas o que dispomos para colmatar dificuldades temporárias", disse Cristina Moura, alegando que também são precisos produtos de higiene, como fraldas e resguardos.

A técnica adiantou que no último ano a instituição apoiou entre 20 e 30 pessoas, de várias idades, emprestando algum material que foi adquirido com as quotas do sócios ou através de doações de particulares.

Quem quiser participar na campanha pode entregar a sua doação na Casa do Povo das Capelas, juntas de freguesia de S. Vicente e Fenais da Luz ou na Farmácia Costa, em Ponta Delgada, sendo também possível a recolha em casa do material doado, no caso dos doadores não terem transporte.

 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.