Açoriano Oriental
Covid-19
Canadá já proíbiu entrada no país a mais de 18.000 estrangeiros

As autoridades do Canadá recusaram a entrada no país a mais de 18.000 viajantes estrangeiros, a maioria dos Estados Unidos, desde março, por viagens não essenciais, segundo dados oficiais divulgados.

Canadá já proíbiu entrada no país a mais de 18.000 estrangeiros

Autor: Lusa/AO Online

Segundo estatísticas da Agência de Serviços de Fronteiras do Canadá, entre os dias 22 de março e 02 de setembro, os agentes canadianos recusaram a entrada de 18.431 viajantes estrangeiros, a maioria vindos dos Estados Unidos.

O Canadá e os Estados Unidos fecharam a fronteira comum, a mais longa do mundo, a 21 de março, exceto para o comércio de mercadorias e trabalhadores essenciais, com o objetivo de conter o contágio da pandemia de covid-19.

Em meados de agosto, o encerramento da fronteira, com 8.900 quilómetros, foi prorrogado até, pelo menos, 21 de setembro.

Em situação normal, mais de 400.000 canadianos e americanos cruzam a fronteira entre os dois países diariamente.

A troca de bens e mercadorias de ambos os lados totaliza 2,4 biliões de dólares canadianos [1.5 biliões de euros] diariamente.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.