Câmara de Lagoa inaugura posto de carregamento elétrico

Câmara de Lagoa inaugura posto de carregamento elétrico

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   27 de Set de 2019, 17:03

A Câmara Municipal de Lagoa inaugurou, na quinta-feira, um posto de carregamento elétrico, junto ao edifício dos CTT, perto da Avenida Infante D. Henrique, no centro da cidade de Lagoa.

Na ocasião, a presidente da Câmara Municipal de Lagoa, Cristina Calisto, referiu, citada em comunicado, que este foi um “momento simbólico que representa mais um passo naquele que tem sido o trabalho do município em implementar o projeto de Smart City para a cidade.


Cristina Calisto reforçou ainda “a necessidade de apostarmos na mobilidade sustentável, com modos alternativos de circular, menos poluentes e mais amigos do ambiente, tendo já a Câmara Municipal adquirido duas viaturas elétricas”.


Por outro lado, a localização do posto de carregamento foi pensada de forma a permitir que os utilizadores possam deixar os seus veículos elétricos a carregar, podendo aproveitar o momento para frequentar o comércio tradicional da Lagoa, proporcionando uma maior mobilidade ao centro da cidade.


A autarca lembrou ainda que, uma das questões a colmatar brevemente é a falta de estacionamento nesta zona, pelo que a Câmara Municipal já anunciou a aquisição de uma propriedade perto do edifício dos CTT onde será construído um parque de estacionamento.


Ainda no âmbito da mobilidade urbana, Cristina Calisto destacou que “a Câmara Municipal de Lagoa tem outros projetos em mão, assim como a ciclovia, que será consignada em breve, atendo que já recebeu o visto do tribunal de contas”. A construção da ciclovia compreende a área entre o Portinho de S. Pedro e o Largo do Cruzeiro, num valor orçado em quase um milhão de euros, e marcará, assim, uma nova fase no desenvolvimento do concelho de Lagoa.


Por seu turno, a secretária regional do Ambiente e Turismo, Marta Guerreiro, destacou o facto da Lagoa “ter sido o primeiro município a avançar com este projeto do posto de carregamento elétrico, o primeiro de 26 que serão apoiados pelo Governo Regional dos Açores. É uma forma de incentivo para os açorianos à mobilidade elétrica, englobado no Plano para a Mobilidade Elétrica nos Açores (PMEA)”.


Refira-se que o equipamento foi comparticipado pelo Governo Regional dos Açores, através de um contrato ARAAL, com uma coparticipação financeira de 6.000,00€, e tem como objetivo promover a eficiência energética e a mobilidade elétrica.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.