Açoriano Oriental
Navalny
Augusto Santos Silva responsabiliza regime de Putin pela morte de opositor

O presidente da Assembleia da República considerou hoje que Alexei Navalny combateu por uma mudança pacífica e pelo Estado de direto na Rússia e responsabilizou pela sua morte o regime do presidente russo, Vladimir Putin.

Augusto Santos Silva responsabiliza regime de Putin pela morte de opositor

Autor: Lusa /AO Online

“Lamento a sua morte, pela qual é responsável o regime de Putin”, escreveu Augusto Santos Silva, ex-ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros na sua conta na rede social X (antigo Twitter).

Segundo o presidente da Assembleia da República, Alexei Navalny “combateu por uma mudança pacífica na Rússia, em direção ao Estado de direito”.

“Foi vítima de tentativa de homicídio, perseguido, preso em condições terríveis, apenas por causa disso”, acrescentou na sua mensagem.

O opositor russo Alexei Navalny, um dos principais críticos de Vladimir Putin, morreu na prisão, segundo o serviço penitenciário federal da Rússia.

Navalny, 47 anos, estava numa prisão no Ártico, para cumprir uma pena de 19 anos de prisão sob “regime especial” e, segundo aqueles serviços, sentiu-se mal depois de uma caminhada e perdeu a consciência.

Até ao momento, a equipa de Navalny não confirmou esta informação, mas destacados dirigentes ocidentais e os apoiantes do opositor responsabilizam o presidente russo, Vladimir Putin, pela sua morte.

 


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados