Açoriano Oriental
Atropelamento em desfile carnavalesco na Alemanha foi intencional

O atropelamento de pelo menos 15 pessoas num desfile de carnaval esta segunda-feira em Volkmarsen, no centro da Alemanha, foi intencional, segundo a polícia, que não confirmou a hipótese de atentado.


Foto: EPA/ELMAR SCHULTEN
Autor: Lusa/AO Online

Henning Hinn, da diretoria de polícia de Hesse Norte, disse que o motorista responsável pelo atropelamento, de 29 anos, conduziu propositadamente contra a multidão que participava no desfile, ferindo pelo menos 15 pessoas.

“Não estamos para já a partir do princípio de que foi um atentado”, disse Hinn, respondendo a perguntas dos jornalistas, que recordaram o ataque racista da passada semana, que vitimou mortalmente 10 pessoas em Hanau, no centro da Alemanha.

Hinn confirmou que o atropelamento foi premeditado, mas não explicou as razões do condutor, que foi detido no local do incidente.

Uma carrinha Mercedes prateada, com matrícula local, atropelou hoje a multidão que assistia e participava num desfile de Carnaval na cidade de Volkmarsen, cerca de 280 quilómetros a sudoeste de Berlim.

O incidente ocorreu ao início da tarde de hoje e entre os feridos encontram-se várias crianças.

O jornal Frankfurter Rundschau citou testemunhas segundo as quais o condutor contornou uma barreira que bloqueava o acesso de veículos ao percurso do desfile, mas que não foi claro se pretendia atingir a multidão.

Segundo alguns relatos presenciais, o motorista pareceu acelerar o automóvel, quando se aproximou do desfile carnavalesco.

As primeiras imagens do local mostram a parte da frente do automóvel com o para-brisa rachado no meio e com danos na parte dianteira.

A polícia de Hesse decidiu suspender os desfiles de carnaval agendados para hoje à noite.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.