Turismo

Air Berlin liga a Alemanha a São Miguel


 

Lusa/AOonline   Regional   29 de Out de 2008, 14:45

A companhia aérea Air Berlin inicia segunda-feira uma ligação semanal entre Nuremberga (Alemanha) e a ilha de São Miguel, uma operação que pretende “combater a sazonalidade do turismo açoriano”, anunciou a directora regional do sector.
Em declarações à agência Lusa, Isabel Barata revelou que “esta é uma ligação que, pelo seu horário matinal (chegada aos Açores às 11:30 locais), permite à companhia recolher passageiros oriundos das principais cidades alemãs”.

    A Air Berlin passa a ligar a Alemanha e os Açores semanalmente, na época baixa do turismo regional, com uma aparelho que transporta cerca de 150 passageiros.

    “Até ao momento, as informações que possuímos é que existe uma boa taxa de ocupação dos voos previstos”, adiantou Isabel Barata.

    Sobre o investimento do Governo Regional no acordo estabelecido com a companhia alemã, a directora de Turismo sublinhou que “apenas prevê gastos na promoção da linha e dos Açores como destino turístico”.

    “O desafio de combatermos a sazonalidade é renovado anualmente e, por isso, também se manterá a ligação entre Londres e os Açores, que é realizada pela Sata Internacional”, acrescentou.

    Isabel Barata admitiu que esta nova ligação a partir da Alemanha, também, tem o objectivo de “colmatar o fim da operação entre a Escandinávia, com origem na Suécia”, que decorreu neste período no ano passado.

    “É um facto que, nos primeiros meses deste ano, tivemos uma quebra nas dormidas devido ao fim dessa operação, mas depois conseguimos recuperar nos meses seguintes”, disse.

    A directora regional do Turismo garantiu que, “apesar do fim da operação da Escandinávia e da crise financeira que ocorre em todo o mundo, os números do turismo açoriano não deverão ter uma grande variação” este ano.

    Apesar de ainda não ter “fechado o período para contabilizar o número de dormidas”, Isabel Barata estima que a “variação não deverá ser superior ou inferior a 0,4 por cento do 1 milhão 184 mil dormidas” registadas no último ano.

    “Essa foi a variação positiva que ocorreu entre 2006 e 2007 e estamos em crer que ela não será diferente este ano, se bem que possa ser negativa, o que não esperamos”, adiantou.

    Segundo Isabel Barata, “a conjuntura de crise não é favorável ao turismo”, mas mesmo assim os Açores esperam “ter um Inverno simpático porque os preços que se estão a praticar são muito convidativos”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.