Vettel falhou partida e título, mas venceu GP do Japão de Fórmula 1

Vettel falhou partida e título, mas venceu GP do Japão de Fórmula 1

 

LUSA/AOnline   Motores   13 de Out de 2013, 13:28

O alemão Sebastian Vettel (Red Bull Racing-Renault) "falhou" hoje a partida e a conquista antecipada do Mundial de Fórmula 1, mas venceu o seu quinto grande prémio consecutivo, no Japão, e está a 10 pontos do "tetra".

“Tive uma má partida, horrível. Não sabia por onde ir e toquei no (Lewis) Hamilton. Depois, retardei a minha primeira paragem o mais possível e minha estratégia funcionou na perfeição”, explicou Vettel, que só não saiu de Sukuka campeão por culpa do quarto lugar do espanhol Fernando Alonso (Ferrari).

Campeão em 2010, 2011 e 2012, o alemão, de 26 anos, tem, porém, praticamente assegurado o quarto cetro, já que agora apenas depende de si próprio, bastando-lhe, a quatro corridas do fim (Índia, Abu Dhabi, Estados Unidos e Brasil) um quinto posto.

Com 100 pontos em disputa, o germânico passou a contar 297, mais 90 do que o espanhol Fernando Alonso (Ferrari), segundo do campeonato, que teria de terminar abaixo do oito posto para que o título mundial ficasse desde já atribuído.

“Durante a corrida, nunca perguntei em que lugar estava Alonso. Não queria saber”, disse Vettel, após somar a 35.ª vitória da carreira e a nona da época, sendo a quinta consecutiva, depois dos triunfos na Bélgica, Itália, Singapura e Coreia do Sul.

O australiano Mark Webber, que partiu da “pole”, ficou em segundo lugar, selando mais uma “dobradinha” da Red Bull, sendo que acabou por ser penalizado por ter efetuado mais uma paragem nas boxes do que o seu companheiro de equipa.

Por seu lado, o francês Romain Grosjean (Lotus-Renault), que foi o melhor no arranque e liderou até à 12.ª volta e, depois, da 15.ª à 28.ª, arrebatou o último lugar do pódio, terminando a 9,910 segundos do germânico.

Antes do início do Grande Prémio do Japão, os pilotos cumpriram um minuto de silêncio em memória da ex-piloto espanhola Maria de Villota, de 33 anos, encontrada morta num hotel de Sevilha, na sexta-feira, por causas naturais, segundo a autópsia.

A próxima corrida, a 16.ª de 19 provas, realiza-se a 27 de outubro, em Nova Deli, na Índia, onde Vettel celebrará o título com o quinto lugar ou se Fernando Alonso não ficar nos dois primeiros.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.