Tribunal de Contas dá luz verde e "sem reservas" à Conta do parlamento dos Açores

Tribunal de Contas dá luz verde e "sem reservas" à Conta do parlamento dos Açores

 

Lusa/AO Online   Regional   18 de Dez de 2018, 17:10

O Tribunal de Contas (TdC) emitiu parecer favorável, "sem reservas", à Conta de 2017 do parlamento dos Açores, valorizando que as duas recomendações emitidas no ano passado tenham sido acolhidas.

No seu parecer, entregue na delegação de Ponta Delgada do parlamento dos Açores, é referido que a receita da Assembleia Legislativa é constituída, "quase em exclusivo", por transferências do Orçamento da região.

Tais montantes atingiram, em 2017, os 12,2 milhões de euros, sendo que a despesa alcançou os 12,1 milhões de euros, com 63% deste montante a referir-se a "encargos com pessoal", nota o TdC.

"Constatou-se que as duas recomendações formuladas no parecer sobre a conta de 2016 foram acolhidas", valoriza ainda a entidade.

Este parecer e o da Conta da Região Autónoma dos Açores relativos ao ano passado foram esta tarde entregues no parlamento dos Açores.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.