Açoriano Oriental
Tribunal de Contas dá luz verde e "sem reservas" à Conta do parlamento dos Açores

O Tribunal de Contas (TdC) emitiu parecer favorável, "sem reservas", à Conta de 2017 do parlamento dos Açores, valorizando que as duas recomendações emitidas no ano passado tenham sido acolhidas.

article.title

Foto: Eduardo Resendes
Autor: Lusa/AO Online

No seu parecer, entregue na delegação de Ponta Delgada do parlamento dos Açores, é referido que a receita da Assembleia Legislativa é constituída, "quase em exclusivo", por transferências do Orçamento da região.

Tais montantes atingiram, em 2017, os 12,2 milhões de euros, sendo que a despesa alcançou os 12,1 milhões de euros, com 63% deste montante a referir-se a "encargos com pessoal", nota o TdC.

"Constatou-se que as duas recomendações formuladas no parecer sobre a conta de 2016 foram acolhidas", valoriza ainda a entidade.

Este parecer e o da Conta da Região Autónoma dos Açores relativos ao ano passado foram esta tarde entregues no parlamento dos Açores.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.