Tibério Dinis condena a ausência de Santos Silva na bilateral com os EUA

Tibério Dinis condena a ausência de Santos Silva na bilateral com os EUA

 

Miguel Bettencourt Mota   Regional   15 de Dez de 2017, 16:30

O presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória (CMPV) ainda não digeriu o facto de o Ministro dos Negócios Estrangeiros ter recusado a sua participação na 38ª reunião bilateral com os Estados Unidos da América e quis, agora, repudiar a ausência de Santos Silva nesse mesmo encontro.



Num comunicado enviado a este jornal, a CMPV começa por "sublinhar o desrespeito institucional do Ministério dos Negócios Estrangeiros para com a autarquia pela recusa da presença do seu presidente" na reunião.

A autarquia deixa clara a convicção de que "uma visão de proximidade" seria fundamental para o desenhar "de ações conducentes" à resolução do passivo ambiental deixado pelos EUA na Base da Lajes.

Depois, e como se lê no documento, o município da Praia da Vitória vem "condenar a ausência do ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal da reunião da Comissão Bilateral", algo que interpreta como uma "desvalorização das matérias em discussão, assunto de elevada importância para a salvaguarda social e ambiental de uma parcela do território português".

No comunicado - que saúda a postura do Governo Regional no dossier e a abertura do Embaixador dos EUA para atender aos problemas ambientais decorrentes da presença militar norte-americana na Base das Lajes -, aquela câmara informa os seus munícipes que irá "manter a reivindicação de presença do município nas reuniões da Comissão Bilateral" e procurar reforçar os canais diplomáticos à disposição, "no sentido de garantir um quadro alargado de apoio a um plano de descontaminação dos solos".

Entre outras medidas, a CMPV compromete-se a prosseguir com "a monitorização especial" nos furos de água do concelho e "manter como prioridade máxima a descontaminação dos solos nas áreas identificadas no concelho, ou noutras que venham, cientifica e tecnicamente, a ser identificadas".

A 38ª Reunião da Comissão Bilateral Permanente do Acordo de Cooperação e Defesa entre Portugal e os Estados Unidos da América teve lugar esta quinta-feira, em Lisboa, e contou com a presença do presidente do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro.













Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.