TAP cancela quase 40% dos voos no dia da greve geral

TAP cancela quase 40% dos voos no dia da greve geral

 

Lusa/AO online   Economia   9 de Nov de 2012, 11:29

A TAP já cancelou 118 dos 310 voos previstos para 14 de novembro, dia da greve geral, mas o número pode aumentar, disse o porta-voz da transportadora aérea, aconselhando os passageiros a alterarem as suas reservas.

António Monteiro afirmou que, até agora, foram cancelados 37% dos voos previstos para o dia da greve, maioritariamente para destinos europeus, mas admitiu que a TAP venha a realizar ainda menos viagens.

“Neste momento, este é o número de voos que estamos a calcular. Não quer dizer que seja possível garantir já a realização de todos os outros, isso vai depender bastante do nível de adesão à greve. Por outro lado, há situações que não controlamos”, salientou, lembrando que a operação da TAP depende também do que acontecer noutras empresas.

“Não sabemos o que se vai passar com outras empresas, quer a nível nacional, quer noutros países”, continuou António Monteiro, aludindo às greves gerais que estão a ser anunciadas para outros países com implicações fortes no tráfego da TAP, como Espanha e Itália.

A espanhola Air Europa, por exemplo, anunciou na quinta-feira o cancelamento de 92 voos, devido à greve geral, entre os quais várias ligações entre Madrid e Lisboa.

“Estamos a tentar manter uma parte significativa da operação, mas haverá alguma confusão nos aeroportos e quem puder alterar as suas reservas é o que deve fazer”, aconselhou, sendo esperados atrasos e reprogramações de vosso.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.