Sem-abrigo diminuem na baixa de Ponta Delgada

Sem-abrigo diminuem na baixa de Ponta Delgada

 

Ana Paula Fonseca   Regional   26 de Set de 2013, 16:42

O número de indigentes e sem-abrigo diminuiu de 12 para cinco, no centro histórico de Ponta Delgada.

A informação foi avançada quarta-feira à tarde numa reunião realizada pelo Grupo de Inclusão Social. Os cinco casos agora existentes ficam a dever-se à ausência de vagas nas instituições para acolher estas pessoas, especialmente os homens, segundo uma nota de imprensa da autarquia.

Na reunião, o grupo de inclusão alertou para a necessidade de haver uma casa de transição ou os chamados “Drop in”, que são albergues onde os sem-abrigo possam dormir, tomar banho, descansar e tomar refeições em condições mais flexíveis para aquelas pessoas que vivem na rua mas que, por vários razões, se recusam a ser acolhidas e obedecer às regras dos chamados centros de referência.

Neste sentido, a Câmara Municipal já licenciou o projeto de um albergue do Instituto São João de Deus – Casa de Saúde de São Miguel.

A diminuição do número de sem-abrigo no centro histórico já levou residentes e empresários a demonstrarem junto do Grupo de Inclusão Social a sua satisfação por estarem a deixar de acontecer situações de insalubridade em frente das suas residências e estabelecimentos comerciais.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.