Raiz reabriu um ano depois do incêndio mas com o mesmo ADN musical

Raiz reabriu um ano depois do incêndio mas com o mesmo ADN musical

 

Rui Jorge Cabral/Paulo Simões   Regional   19 de Jun de 2019, 09:35

Gonçalo Veludo e Gabriel Pereira, proprietários do Raiz, recordam como o projeto surgiu para dar uma nova vida à noite de Ponta Delgada

Um espaço dedicado à música alternativa e aos apaixonados da música, em geral, onde as pessoas possam falar, dançar e serem bem recebidos.

É assim que os proprietários do Raiz, Gonçalo Veludo e Gabriel Pereira, descrevem o espaço em entrevista ao Açoriano Oriental. O Raiz Club reabriu no centro da cidade de Ponta Delgada no passado dia 31 de maio, exatamente um ano depois do incêndio que o tinha destruído.

Um ano difícil para estes empresários, mas conforme afirma Gabriel Pereira, “o que podemos dizer é que o Raiz é à prova de fogo”. Além disso, acrescenta, “o ADN do Raiz vai ser o mesmo, mas com mais força e energia para darmos ainda mais bons espetáculos e alegrias aos micaelenses”.


Pode ler mais na edição desta quarta-feira, 19 junho 2019, do jornal Açoriano Oriental




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.