Proprietário do bar "Avião" autopsiado esta manhã


 

Lusa / AO online   Nacional   4 de Dez de 2007, 16:16

O corpo de José Gonçalves, dono do bar de avião que morreu devido a uma explosão na madrugada de domingo, foi autopsiado esta manhã e colocado à disposição da família disse à Lusa fonte ligada à investigação.
O Instituto de Medicina Legal concluiu a autópsia do corpo durante a manhã e disponibilizou os restos mortais para se proceder ao funeral, mas até às 12:30 ninguém apareceu para proceder ao levantamento do corpo, revelou a mesma fonte.

Elementos da Polícia Judiciária estiveram, esta manhã, nas instalações do Instituto de Medicina Legal tendo recolhido os pertences que José Gonçalves trazia consigo na altura da explosão.

A investigação da morte do dono do bar "Avião" está a cargo da Direcção Central de Combate ao Banditismo, da Polícia Judiciária.

O dono do bar "Avião" morreu vítima de uma explosão na sua viatura, da marca Mercedes, cerca das cinco da manhã de domingo, após ter fechado o estabelecimento de strip-tease, junto ao Aeroporto de Lisboa, e saía acompanhado por duas bailarinas.

A explosão que vitimou o condutor destruiu apenas o lugar esquerdo da frente da viatura, sem causar qualquer ferimento nas duas bailarinas que seguiam no carro.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.