Língua Portuguesa

Português vai estar em crescimento até 2050

Português vai estar em crescimento até 2050

 

Lusa / AO online   Nacional   5 de Nov de 2007, 15:28

A língua portuguesa vai estar em crescimento até 2050, será falada maioritariamente por brasileiros e irá ser a segunda língua em África por motivos políticos e económicos, defendeu esta segunda-feira em Lisboa o linguista e escritor David Graddol.
Ao participar numa reunião de trabalho sobre a "Promoção da Língua Portuguesa no Mundo", que decorreu hoje na Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD), David Graddol partilhou uma estimativa do percurso de várias línguas maternas até 2050, segundo a qual o português vai estar em "crescimento rápido".

Além da língua portuguesa, vão estar também em franco crescimento o espanhol, o inglês, o chinês e o árabe.

De acordo com o linguista, no futuro, os falantes da língua portuguesa vão ser predominantemente brasileiros e, como segunda língua, o português vai ser maioritariamente utilizado em África por motivos económicos e políticos.

David Graddol defendeu também que "o nível cultural ainda é importante" na promoção das línguas no mundo.

Falando também na reunião, o especialista em línguas Nicholas Ostler afirmou que existem actualmente 16.7 falantes de língua portuguesa no Brasil por cada português em Portugal.

Nicholas Ostler disse ainda que o português está em sexto lugar na lista das línguas mais faladas por população, com "177.4 milhões de falantes nativos e com mais 15 milhões que o usam como segunda língua".

O português coloca-se assim à frente de línguas como o alemão, francês ou japonês e atrás do espanhol e russo.

"Apesar destes números, o português não está bem colocado para competir como uma língua mundial de comunicação ampla: fora da Europa está desequilibrada, muito localizada nas Américas, com pequenas populações falantes em Angola, Moçambique e Goa e uma menor ainda em Timor-Leste", afirmou o académico britânico.

A reunião de trabalho sobre a "Promoção da Língua Portuguesa no Mundo" foi promovida pela FLAD para debater as vantagens para Portugal da promoção da língua e cultura portuguesas no mundo.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.