Açoriano Oriental
Portugal empenha mais cerca de 170 militares no Afeganistão

Um novo contingente de 128 militares portugueses partiu esta terça-feira de Lisboa (Figo Maduro) para o Afeganistão para integrar a missão “Resolute Support”, da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), no próximo meio ano.


Autor: Lusa/AO Online

Segundo o Estado-Maior General das Forças Armadas (EMGFA), mais cerca de 40 militares portugueses viajarão para aquele país a 4 de agosto, perfazendo um total de perto de 170 elementos.

Ao mesmo tempo, os 175 militares que Portugal já tinha naquele terreno vão regressar entre hoje e 5 de agosto.

O novo contingente está dividido em três equipas: 118 militares do Exército para a Força de Reação Rápida e Destacamento de Apoio Nacional, com a missão de vigilância e proteção ao aeroporto internacional “Hamid Karzai”, em Cabul; uma equipa de oito militares das Operações Especiais (dois da Marinha e seis do Exército); outros dois militares do Exército com funções no Quartel-General.

A missão da Aliança Atlântica no Afeganistão é comandada pelo general norte-americano Austin Scott Miller, que tem às suas ordens mais de 17.000 militares de 39 países, contando também com civis.

A “Resolute Support” começou em 2015 para combater o terrorismo e treinar, aconselhar e apoiar as forças militares e de segurança locais e fortalecer as instituições do Afeganistão.

Esta missão sucedeu à ISAF (Força Internacional de Apoio à Segurança), na qual Portugal participou com cerca de 3.200 militares em 12 anos.

A NATO está presente no Afeganistão com mandato da Organização das Nações Unidas desde 2003, a pedido dos EUA, na sequência do dramático ataque terrorista às torres gémeas de Nova Iorque, entre outros locais, em 11 de setembro de 2001.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.