Relatório anual sobre droga

Portugal é país com maior incidência de Sida/VIH entre consumidores endovenosos


 

Lusa/AO   Nacional   22 de Nov de 2007, 05:02

O Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência divulga hoje o seu relatório de 2007 sobre o problema da droga na UE, reaparecendo Portugal nas cifras negras da incidência de Sida e VIH entre os Consumidores de Droga Injectável.
O relatório sobre a Evolução do Fenómeno da Droga na Europa, que hoje de manhã é divulgado em Bruxelas, além de apontar Portugal como o país com a maior incidência de Sida e VIH entre os Consumidores de Droga Injectável, coloca-o também no grupo dos países com maior número de mortes por consumo de drogas em 2005.

    No documento, que reporta a dados fornecidos pelos Estados-Membros relativos a 2005, Portugal é citado também por aspectos positivos, como, por exemplo, por pertencer ao grupo de países com boas práticas na fiscalização da condução sob efeito de drogas e por ter centros de tratamento de toxicodependência destinados especificamente a jovens.

    O relatório da agência europeia de informação sobre a droga, sedeada em Lisboa, divulga as últimas informações disponíveis sobre o problema da droga na Europa, com factos, números e análises a nível europeu e por país, as últimas tendências e as respostas a nível jurídico, político, social e de saúde.

    Este ano, o relatório anual sobre a Evolução do Fenómeno da Droga na Europa contém dados dos 27 Estados-Membros da UE, da Noruega e da Turquia.

    Capítulos individuais dedicados a drogas específicas revelam a situação europeia no que toca à prevalência e padrões de consumo, oferta e disponibilidade, tratamento e outras intervenções, sendo complementados por análises relativas a tendências novas e emergentes no consumo de drogas; políticas e legislações; resposta aos problemas de consumo de droga; doenças infecto-contagiosas e mortes relacionadas com o consumo de droga.

    O relatório estará disponível em 23 línguas (21 da UE, norueguês e turco) e será acompanhado por três documentos em inglês dedicados a temas específicos: “Drogas e a condução”, “Consumo de drogas entre os menores de 15 anos e problemas associados” e o“Impacto do consumo de cocaína e cocaína crack (fumável) na saúde pública”.

    A agência europeia lançará, em simultâneo, o seu Boletim Estatístico de 2007, disponibilizado na Internet, que apresenta cerca de 400 quadros e gráficos estatísticos, apoiando grande parte das análises incluídas no relatório deste ano.

    Os perfis de dados nacionais completarão o relatório, fornecendo um resumo gráfico dos aspectos-chave da situação do fenómeno da droga a nível nacional.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.