PCP/Açores vota contra programa do Governo


 

Lusa/AOonline   Regional   7 de Dez de 2008, 18:50

O líder do PCP/Açores acusou hoje a maioria socialista na Região de não incluir no novo Programa do Governo antigas promessas eleitorais que não chegaram a ser cumpridas.
 Em conferência de Imprensa, realizada  na cidade da Horta, Aníbal Pires disse que os socialistas ainda agora tomaram posse e já estão a «defraudar» as expectativas dos açorianos.

    O líder regional dos comunistas lembrou que as promessas eleitorais do PS de ligar as ilhas do Grupo Ocidental (Flores e Corvo) ao cabo de fibra óptica, ou de alargar a toda a Região a rede de centros de dia e de noite para os idosos, não figuram do Programa do Governo que será discutido e votado em plenário a partir de terça-feira.

    «Este é um mau início de legislatura», desabafou Aníbal Pires, manifestando surpresa por ver tão cedo o PS a «deixar cair» promessas feitas em tempo de campanha eleitoral.

    Por estas e por outras, os comunistas vão votar contra o Programa do X Governo Regional, saído das eleições de 19 de Outubro, por entenderem que o documento «não representa um modelo de desenvolvimento para os Açores», nem um «programa de futuro para as ilhas».

    O líder regional do PCP acusa também o Governo de Carlos César de pretender, com este Programa de Governo, prosseguir uma política de «ataque aos serviços públicos», de tentar «instrumentalizar as autarquias locais» e de manter uma «postura subserviente no acordo de cooperação e defesa» entre Portugal e os Estados Unidos, a respeito da utilização da Base das Lages.

    Recorde-se que além do PCP, também o PSD já anunciou que irá votar contra o Programa do Governo socialista para os próximos quatro anos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.