Brasil

Lula da Silva defende suspensão dos colonatos israelitas na Cisjordânia


 

Lusa / AO online   Internacional   20 de Nov de 2009, 16:54

O presidente do Brasil, Lula da Silva, defendeu que Israel suspenda "imediatamente" os colonatos na Cisjordânia e que garanta “mais liberdade de circulação” nos territórios palestinianos ocupados.
As declarações do mandatário brasileiro foram feitas durante um encontro com o presidente da Autoridade Nacional Palestiniana (ANP), Mahmud Abbas, em visita oficial ao Brasil.

"A paz justa e duradoura depende de um estado palestiniano próspero. A comunidade internacional não pode se conformar com menos do que isso", disse Lula, durante encontro com Abbas, em Salvador, capital do Estado da Baía.

Lula da Silva salientou que, tal como disse semana passada ao presidente de Israel, Shimon Peres, a paz no Médio Oriente não depende de “soluções mágicas”, mas de seguir o caminho do diálogo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.