Jornadas parlamentares do PSD arrancam hoje


 

Lusa/Ao On line   Nacional   23 de Nov de 2009, 05:31

As primeiras jornadas parlamentares do PSD nesta legislatura, que têm como lema "Afirmar Portugal", começam hoje em Espinho e contarão, à noite, com a participação do bispo do Porto, D. Manuel Clemente.

Às 10:30, antes da sessão de abertura das jornadas parlamentares, os deputados visitarão uma empresa de iluminações festivas, no concelho de Vila Nova de Gaia.

A seguir, pelas 12:00 horas, o presidente da Câmara Municipal de Espinho, Pinto Moreira, e o líder parlamentar do PSD, José Pedro Aguiar-Branco, darão início às jornadas.

Durante a tarde, haverá quatro painéis de debate com quatro independentes convidados pelo PSD, sobre temas que a direcção social-democrata considera prioritários.

O presidente do grupo Jerónimo Martins, Alexandre Soares dos Santos, falará no painel intitulado "Responsabilidade social da empresa", e o presidente executivo da empresa tecnológica Multiwave Photonics, José António Salcedo, discursará sobre "Qualificação, empreendimento e criação de riqueza".

O juiz e professor associado da Faculdade de Direito da Universidade Católica Paulo Pinto de Albuquerque discursará num painel dedicado à "Justiça" e, por último, o professor catedrático do Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) João Duque falará sobre "A economia portuguesa e a competitividade".

Os trabalhos de hoje terminarão com um jantar-conferência com o bispo do Porto, D. Manuel Clemente.

Na manhã de terça-feira, os 81 deputados do grupo parlamentar do PSD vão reunir-se, num encontro fechado à comunicação social, seguindo-se a apresentação das conclusões das jornadas por José Pedro Aguiar-Branco e o encerramento das mesmas pela presidente do PSD, Manuela Ferreira Leite, que é também deputada.

As últimas jornadas parlamentares do PSD realizaram-se nos dias 3 e 4 de Novembro de 2008, com Paulo Rangel como líder parlamentar, e tiveram como lema "Verdade e Alternativa".

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.