Açoriano Oriental
Ilha do Corvo honrada com presença de PR na noite da passagem de ano

O presidente da Câmara de Vila do Corvo afirmou esta sexta feira que está honrado com a decisão do Presidente da República de passar a noite da passagem de ano na ilha do Corvo, nos Açores, garantindo que afetos não vão faltar.

Ilha do Corvo honrada com presença de PR na noite da passagem de ano

Autor: AO Online/ Lusa

“Tomei conhecimento com muito espanto, porque oficialmente não tinha nenhuma informação. É uma honra termos o Presidente da República, ainda para mais tratando-se do presidente dos afetos, como é chamado, e o Corvo é a ilha dos afetos, por isso tudo se conjuga para que as coisas possam correr bem”, disse José Manuel Silva, presidente da Câmara da Vila do Corvo, em declarações à agência Lusa.

O autarca da ilha açoriana garante que tudo vai fazer para que a data fique na memória de Marcelo Rebelo de Sousa.

“Que seja uma data que fique na sua memória e da sua comitiva, bem como nos corvinos. Será bem recebido, como acontece com todas as pessoas, e tudo faremos para que as coisas corram bem. Afetos é que o não lhe vai faltar”, frisou.

José Manuel Silva disse ainda que vai fazer tudo para estar à altura na noite de 31 de dezembro para 01 de janeiro, afirmando que o Presidente da República “merece honras diferentes”.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai passar a noite de 31 de dezembro para 01 de janeiro na ilha do Corvo, nos Açores, de onde será transmitida a sua mensagem de Ano Novo.

Esta informação foi hoje divulgada no portal da Presidência da República na Internet.

"O Presidente da República passa a noite de 31 de dezembro para 01 de janeiro com a população do Corvo, na mais pequena das ilhas dos Açores, do grupo mais ocidental do território nacional, de onde será transmitida no dia 11 de janeiro a habitual mensagem de Ano Novo", lê-se na nota divulgada.

Marcelo Rebelo de Sousa esteve na ilha do Corvo em junho de 2016, no início de uma visita à Região Autónoma dos Açores em que passou por sete das nove ilhas do arquipélago.

Em 2018, o chefe de Estado passou o ano em Brasília, onde se deslocou para assistir à posse do novo Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, no dia 01 de janeiro.

Em 2017, tinha previsto deslocar-se às regiões atingidas pelos fogos na altura do fim de ano, mas teve de cancelar essa agenda por ter sido operado de urgência a uma hérnia umbilical no dia 28 de dezembro. Teve alta hospitalar no dia 31 de dezembro e foi forçado a abrandar o ritmo nas semanas seguintes.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.