Horta comemora Dia Internacional da Cidade Educadora

Horta comemora Dia Internacional da Cidade Educadora

 

AO Online   Regional   2 de Dez de 2018, 12:26

A cidade da Horta associou-se à comemoração do Dia Internacional das Cidades Educadoras, com o tema "Tecendo uma rede de Cumplicidades" e assinalou o dia com momentos culturais nos estabelecimentos de ensino.

O ponto alto destas comemorações aconteceu, no Teatro Faialense, com a apresentação do Hino Internacional da Cidade Educadora, protagonizado pelo Coro e Orquestra do Conservatório da Horta. 

"Porque a cumplicidade também passa pela arte nas suas diversas formas", justificou José Leonardo Silva, presidente da Câmara Municipal da Horta.

“O que procuramos com esta data e com estas ações, é que haja um envolvimento, cada vez maior das pessoas, não só na área da educação, mas em muitas outras. Temos, sem dúvida, grandes desafios pela frente, no que diz respeito, sobretudo à cooperação, à partilha de experiências, às estratégias que permitam educar os nossos filhos numa sociedade em constante mudança e que, senão estivermos atentos, corre mesmo o sério risco de se isolar por detrás das novas tecnologias”, afirmou José Leonardo Silva, que se mostrou igualmente orgulhoso “de cumprir muitos dos objetivos que estão expressos numa carta, que todos devíamos sentir a necessidade de ler e reler, a Carta da Cidade Educadora.”

O objetivo é repetir esta iniciativa, anualmente, em estabelecimentos de ensino diferentes, para que todos se sintam parte desta grande rede de cumplicidades que é um dos lemas defendidos por esta rede de territórios e que está a trabalhar em prol da convivência, da solidariedade e da cooperação, em áreas muito diversas, que vão muito para além do conceito tradicional e formal de educação.

O Presidente da Câmara Municipal da Horta revelou ainda que “em 2019 pretendemos suscitar ainda mais a participação dos jovens através do Orçamento Participativo Jovem Escolar, não deixando de prosseguir o esforço contínuo e gradual de melhoria das condições de estudo, através de parques infantis melhorados e mais seguros, espaços de refeição com maior conforto, equipamentos adequados e de qualidade, entre várias iniciativas que prevemos realizar ao longo do ano; bem como vai ser alargada a prevenção que já realizamos, ao nível do combate às dependências, não só ao ensino primário onde já estamos há algum tempo, mas a todos os níveis de ensino, apostando na prevenção secundária e na minimização de riscos.”

Como Cidade Educadora a Horta nomeou, para este ano letivo de 2018/2019, a Escola Secundária Manuel de Arriaga, como Escola Embaixadora deste projeto.
A cerimónia no Teatro Faialense englobou também o lançamento do livro de Sónia Sousa, intitulado “Chega!”, um projeto que reflete algumas das questões atuais, como o bullying e a saúde mental, com fotografias da faialense Sónia Medeiros.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.