Açoriano Oriental
Grupo Desportivo Comercial vai avançar judicialmente contra a SATA

O presidente do Grupo Desportivo Comercial (GDC) diz que vai avançar judicialmente contra o Grupo SATA devido ao não pagamento do apoio em 2018. Em declarações após a apresentação da edição número 55 do Azores Rallye, Rui Moniz lamentou que a ligação com a companhia aérea regional chegasse a este ponto.

article.title

Foto: José Luís Garcia
Autor: Nuno Martins Neves

"Relativamente à SATA, vamos dar andamento ao processo através de outros meios. Esgotamos todas as possibilidades de entendimento: apesar daquilo que nos foi dito, a nova administração decidiu não pagar o apoio de 2018. É um rude golpe no orçamento da prova e da forma como estávamos a estruturar o rali. Já estamos a falar com os nosso conselheiros para decidir as vias legais”, afirmou.


Ler mais na edição desta terça-feira, 10 março 2020, do jornal Açoriano Oriental


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.