Governo diz que ano letivo arrancou com "serenidade"

Governo diz que ano letivo arrancou com "serenidade"

 

Lusa/AO online   Regional   17 de Set de 2012, 17:39

O Governo dos Açores faz um balanço positivo do início do ano letivo no arquipélago, que arrancou com "serenidade", todos os professores colocados e um pequeno aumento do número de alunos.

“O início do ano letivo correu muito bem, sem atropelos nem sobressaltos, com estabilidade”, afirmou Cláudia Cardoso, secretária regional da Educação, em declarações aos jornalistas à margem da inauguração da Escola Básica Integrada de Água de Pau, em S. Miguel.

Cláudia Cardoso frisou que os professores foram “todos colocados a tempo”, recordando que a região tem neste ano letivo “cerca de 5.000 professores, dos quais 808 contratados, mais 200 do que no ano passado”.

Os dados oficiais indicam ainda que frequentam as escolas açorianas mais 45 alunos do que no anterior ano letivo, o que resulta “claramente do alargamento da escolaridade obrigatória”.

“Este crescimento não é significativo, nem estrutural, é conjuntural”, afirmou, acrescentando que a redução de alunos por turma fez com que existam este ano “mais 20 turmas na região, o que vai permitir outro tipo de trabalho por parte dos professores”.

Cláudia Cardoso revelou ainda que 38 das 43 escolas dos Açores “solicitaram autorização para lecionar mais um segmento de 45 minutos de Português e mais um de Matemática”.

A inauguração da nova EBI de Água de Pau, um investimento superior a 14,5 milhões de euros, assinalou o início do ano letivo nos Açores, numa cerimónia que contou com a presença do presidente do executivo regional, Carlos César.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.