GNR detém duas mulheres por posse e cultivo de cannabis em Odemira


 

Lusa / AO online   Nacional   26 de Set de 2007, 12:24

A GNR deteve terça-feira, no concelho de Odemira, duas mulheres por posse e cultivo de cannabis, tendo apreendido 20 plantas e folhas secas prontas para consumo e suficientes para 133 doses, foi hoje anunciado.
As detenções foram efectuadas pela Secção de Investigação Criminal (SIC) do Grupo Territorial de Beja da GNR, no âmbito de uma nova operação de combate à produção e ao tráfico de cannabis, na Serra da Brejeira, freguesia de Sabóia.

As 20 plantas de cannabis apreendidas, algumas com cerca de 1,50 metros de altura e todas da espécie Sativa e Híbrida, nas quais a concentração de THC (substância alucinogénica) é maior, encontravam-se dissimuladas entre a vegetação autóctone.

Além das plantas, refere a GNR em comunicado, foram também apreendidas pouco mais de 333 gramas de folhas secas ("erva"), prontas para consumo e suficientes para 133 doses.

Com a detenção das duas mulheres, de 37 e 45 anos, que hoje são ouvidas no Tribunal Judicial de Odemira, sobe para oito o número de pessoas detidas, este mês, na Serra da Brejeira, por posse e cultivo de cannabis.

Na primeira operação do género, a 04 de Setembro, a GNR deteve cinco homens e uma mulher, entre os 17 e os 44 anos, por suspeita de tráfico de droga, tendo apreendido 175 plantas de cannabis.

As operações decorreram no âmbito de investigações que o Núcleo de Investigação de Crimes da SIC do Grupo Territorial de Beja da GNR tem vindo a desenvolver há vários meses.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.