Festival Azure começa hoje na Terceira

Festival Azure  começa hoje na Terceira

 

Lusa/AO Online   Regional   24 de Ago de 2011, 11:05

Um espaço ao ar livre inteiramente decorado com material reciclado acolhe a partir de hoje a quinta edição do Festival Azure, na Terceira, um evento voltado para a preservação do ambiente.

“Não há nenhum elemento no espaço que não seja feito com material reutilizado, desde o edifício da bilheteira ao quiosque das senhas”, afirmou Miguel Linhares, da Associação JAÇOR (Juventude dos Açores), que promove o festival.

Esta opção torna a “decoração mais barata" e permite também à organização "passar a mensagem” de um festival que se realiza "na natureza", com uma aposta na preservação ambiental e um forte apelo à reutilização de materiais.

O Festival Azure, que decorre até sábado na Zona de Lazer de S. Brás, tem como lema central “Keep it green, keep it clean”.

Para a edição deste ano, a organização apostou “num cartaz mais atrativo e numa melhor decoração do recinto", numa estratégia que pretende levar o Festival Azure a entrar na "agenda dos jovens açorianos e do continente".

“O objetivo é colocar o Azure no roteiro dos festivais de verão a nível nacional”, frisou Miguel Linhares, admitindo que a organização tem "boas expectativas" para esta edição, onde são aguardados muitos jovens de outras ilhas dos Açores devido à mudança operada nos horários dos barcos, que facilita a deslocação à Terceira.

O recinto inclui três espaços distintos, que são o palco principal, a zona de 'chill out' e uma área dedicada aos workshops, além de uma zona de restauração e quiosques de bebidas.

Os Homens da Luta, que se deslocam pela primeira vez aos Açores, são a principal atração do festival, que contará também com concertos dos Virgem Suta e dos Ramp, além das bandas açorianas Faz de Conta, Last Floor, Broad Beans e Malditus.

O programa, além dos concertos, inclui exposições, cinema ao ar livre e iniciativas desportivas, frisando Miguel Linhares que “os passeios pedestres e a prova de BTT têm habitualmente muita afluência de jovens”.

Workshops de música, grafiti e de manipulação de imagem em tempo real, desenvolvidos em colaboração com associações locais da Terceira, integram também o programa do Festival Azure.

“A música é o atrativo principal, mas tentamos sempre oferecer outras atividades aos visitantes”, frisou Miguel Linhares.

O Festival Azure começa hoje  às 19:00 e termina na noite de sábado com a atuação dos Homens da Luta, custando a entrada entre 10 euros, para um dia, e 20 euros, para os três dias.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.