Açoriano Oriental
Diogo Salomão deseja trazer “algo de novo” ao futebol do Santa Clara

O português Diogo Salomão afirmou, na apresentação como jogador do Santa Clara, que deseja "pôr em práticas" as suas qualidades e "trazer algo de novo" ao futebol da equipa da I Liga de futebol.

article.title

Foto: Eduardo Resendes
Autor: Lusa/AO Online

"Eu vou tentar aproveitar e pôr em prática tudo aquilo que são as minhas qualidades, o meu forte em prol da equipa e espero com isso trazer algo de novo também ao jogo, àquilo que é o futebol do Santa Clara", afirmou o reforço dos açorianos.

Diogo Salomão, ex-jogador do Sporting, chega ao Santa Clara proveniente do Steaua de Bucareste (FCSB), da Roménia, e após passagens pelo Al-Hazm (da Arábia Saudita), do Dínamo de Bucareste (da Roménia), pelos espanhóis do Maiorca e do Deportivo da Corunha.

O jogador de 31 anos frisou que tinha "vontade de regressar" a Portugal, onde, além dos ‘leões', representou o Real e o Casa Pia, salientando que foi "bastante fácil" aceitar a proposta do Santa Clara.

"Acho que todo o processo [da transferência] deu-se em menos de um dia. Foi tudo acertado rapidamente entre o meu agente e os diretores do clube e essa também era a minha vontade de regressar [a Portugal]. Assim, quando surgiu a oportunidade agarrei logo", afirmou.

O médio de vocação ofensiva destacou que espera "aproveitar o futebol", depois de nos últimos meses ter estado "sem disputar muitos minutos".

"Aproveitar o futebol, poder demonstrar dentro de campo e corresponder às expectativas de toda a gente que depositou confiança em mim", realçou.

Diogo Salomão afirmou estar "100% apto" para entrar na equipa, apesar de reconhecer que ainda se está a adaptar ao novo clube.

"Tudo isto é um processo de adaptação ao nível inicial, em que estou me adaptar aquilo que é a realidade do clube, as tradições, a forma de trabalhar do clube e quero estar presente em campo, digamos assim, o mais rápido possível", disse.

O jogador foi apresentando juntamente com Pierre Sagna, que também chegou à equipa de João Henriques neste mercado de inverno, após ter rescindido com os gregos do Panetolikos e depois de ter representado as cores do Belenenses, Moreirense, Desportivo de Chaves e do Valenciennes da França.

O lateral-direito de 29 anos relevou que "sentia saudades de Portugal", pelo aceitou "logo" proposta do Santa Clara.

Sagna disse esperar "fazer o máximo de jogos possíveis" para ajudar o clube a "atingir os seus objetivos", revelando que gostou "muito" de assistir ao último jogo do Santa Clara (vitória por 2-1 frente ao Paços de Ferreira).

"Vi o jogo e gostei muito. Uma equipa com muita garra, gosto muito disso. Acho que vamos conseguir os nossos objetivos", afirmou.



Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.