Açoriano Oriental
Cristóvam em destaque na revista Rolling Stone

“Love, Be On My Side” é a nova música do artista terceirense que conseguiu um destaque internacional na revista Rolling Stone

Cristóvam em destaque na revista Rolling Stone

Autor: Carolina Moreira

Depois do sucesso internacional alcançado no ano passado com a música “Andrà Tutto bene” (Vai ficar tudo bem), Flávio Cristóvam começa 2021 com novidades musicais que lhe valeram um destaque na revista Rolling Stone.

O músico e compositor terceirense acabou de lançar o novo single “Love, Be On My Side”, disponível nas várias plataformas de streaming de música, algo que começou com um simples ‘riff’ de guitarra.

“Já andava a trabalhar nessa canção há algum tempo, ainda antes de começar a pandemia, e ela surgiu primeiramente através de um ‘riff’ de guitarra que é precisamente o que inicia a canção e que andava sempre a tocar já há uns dois ou três anos, sabendo que algures no futuro aquilo ia dar origem a alguma canção”, confessa.

Segundo Cristóvam, a música fala “precisamente na importância de termos alguém do nosso lado nos momentos mais difíceis e achei que fazia todo o sentido, numa altura em que estamos mais solitários do que nunca, lançar este tema porque todas as pessoas neste momento estão a perceber a importância que é estarmos perto das pessoas que gostamos”, afirma.

Este é já o terceiro ‘single’ que o artista açoriano lança depois do sucesso de “Andrà Tutto bene”, sendo que Cristóvam realça que a aceitação do público à sua música tem sido “muito grande” desde então.

“Realmente houve um aumento muito grande da quantidade de pessoas que começaram a ouvir a minha música, também parcialmente porque acabei por assinar um contrato discográfico com uma editora internacional sediada na Holanda e que me ajudou a amplificar o alcance das minhas músicas”, revela.

O compositor terceirense  afirma, no entanto, que considera que os “frutos” do seu sucesso no ano passado ainda estão por aferir. “Depois dessa canção ter saído, muita gente começou a conhecer a minha música e eu senti esse efeito logo de forma imediata em relação ao meu disco que tinha sido publicado em 2018. No ano passado, só tive oportunidade de fazer três concertos com público, um deles em Lisboa com sala cheia, e aí é que percebi que houve muita gente que chegou à minha música depois do sucesso dessa música”, contou.

Os últimos feitos de Cristóvam no mundo artístico acabaram mesmo por lhe valer, no passado mês de março, um destaque na revista Rolling Stone India, algo que o deixou “feliz e orgulhoso”.

“A Rolling Stone tem algo especial, é uma revista super emblemática no mundo da música e ter esse tipo de reconhecimento, como uma das músicas do mundo que era digna de destaque, logicamente que é um motivo enorme de orgulho e isto transforma-se numa projeção grande para a minha música, para a minha carreira”, ressalva.
Apesar do sucesso, o artista afirma que continua focado apenas na sua música, procurando sempre “superar-me a mim próprio”, com o objetivo de “estar satisfeito comigo”.


Músico e compositor está a gravar um novo álbum a solo

Flávio Cristóvam confessa que a pandemia tem sido muito benéfica para a sua carreira na música. Além do sucesso alcançado em 2020, o artista afirma que “este tempo de pandemia e de estar um pouco no meu resguardo acabou por ser produtivo porque escrevi muitas canções, estou neste momento em processo de gravação e de produção e estou a preparar um álbum para sair em breve e um possível EP”, diz. De referir que o artista começou a tocar aos 11 anos e aos 19 decidiu que queria viver da música.
Faz parte da banda October Flight, que editou um disco em 2012 e esteve três anos em concertos a promover o disco, e ganhou o concurso “International Songwriting Competition”, onde foram jurados Tom Waits, Keane e Grant Lee Phillips.



PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados