Taça UEFA

Benfica é goleado e compromete apuramento

Benfica é goleado e compromete apuramento

 

Lusa/AO online   Futebol   27 de Nov de 2008, 20:10

O Benfica comprometeu hoje seriamente as suas hipóteses de apuramento para os 16 avos-de-final da Taça UEFA em futebol, ao ser goleado em Atenas pelo Olympiacos por 5-1, em encontro da terceira jornada do Grupo B
O Benfica foi hoje goleado por 5-1 no campo do Olympiacos, em jogo da terceira jornada do grupo B da Taça UEFA de futebol, e ficou praticamente afastado dos 16 avos-de-final da prova.
Em Atenas, os "encarnados" realizaram uma primeira parte desastrosa, com inúmeros erros defensivos que levaram os gregos a construir cedo a goleada, num encontro em que o brasileiro Diogo esteve também em destaque, ao assinar um bis, ao 24 e 53 minutos. 
Com esta derrota, uma das mais pesadas do clube da Luz nas competições europeias, o Benfica terá agora que vencer em casa os ucranianos do Metalist Kharkiv, na última jornada da prova, e esperar por uma combinação de resultados nos outros encontros do grupo para poder aspirar ao terceiro lugar, que dá acesso à fase seguinte. 
Obrigado a mexer no "onze" devido à lesão de Luisão, o espanhol Quique Flores deslocou David Luiz para o centro da defesa e fez voltar à equipa inicial Jorge Ribeiro.
Na frente, o técnico "encarnado" voltou a apostar em Nuno Gomes, que hoje fez dupla com o hondurenho David Suazo, enquanto Oscar Cardozo foi relegado para o banco de suplentes.
No "inferno" de Atenas, o Benfica começou da pior maneira a partida, ao sofrer um golo logo no primeiro minuto, pelo argentino Galletti, que aproveitou da melhor forma algum adormecimento da defesa "encarnada".
O tento madrugador do Olympiacos teve um efeito pesado sobre a defesa dos lisboetas, que, aos 18 minutos, voltou a dar espaço aos jogadores de Atenas, desta vez a Patsatzoglou, que bateu Quim com um excelente remate à entrada da área.
O pesadelo "encarnado" continuou seis minutos depois, com novo golo dos helénicos, marcado pelo brasileiro Diogo, que passou com alguma facilidade por Sidnei e, frente a Quim, não teve dificuldades em bater o guardião português.
Apesar da pesada desvantagem, o Benfica arranjou forma de relançar a partida, graças a David Luiz, que facturou aos 33 minutos, após um canto de Reyes.
Numa primeira parte frenética, e quando o clube da Luz procurava chegar ao segundo golo antes do intervalo, Galletti voltou a aparecer solto na direita e cruzou para o compatriota Belluschi (44), que só teve que encostar à boca da baliza para elevar o resultado para 4-1.
No regresso dos balneários, o Benfica até reentrou melhor no encontro, com Reyes a obrigar o guardião helénico a boa defesa, mas a defesa "encarnada" viria a ceder novamente, outra vez com Diogo a aparecer isolado frente a Quim e a fechar a goleada, aos 53 minutos.
Com o quinto golo, o Olympiacos tirou o pé do acelerador, enquanto Quique Flores aproveitou para lançar no jogo Urreta e Balboa nas alas, para os lugares de Nuno Gomes e Ruben Amorim, mas o Benfica acabou por não conseguir criar lances de perigo junto de Nikopolidis.
Mesmo assim, foram os gregos que estiveram perto de voltar a marcar, quando, aos 76 minutos, Kovacevic apareceu soltou dentro da área, mas, em esforço, atirou à figura de Quim.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.